RORAIMA - Boa Vista

Boa Vista - RR

      Boa Vista é um capital com cara de interior, tem aproximadamente 300 mil habitantes. A voltagem é 110V, DDD 95. É Localidade Especial Categoria A, paga-se adicional de 20% e pra PEF mais 2% a diária (PEF pra infante, intendente e saúde, tem que estar servindo no BIS ou trocar com alguém de lá), mas o tempo de permanência é normal (3 anos pra sgt).
      Para chegar na cidade só de avião ou de carro vindo de Manaus (pela BR 174, são cerca de 760 km de estrada e atravessa uma reserva indígena que fica a 200 km de Manaus e fecha às 18 horas e só reabre às 6 horas, dá em torno de 9h30 de viagem). Outros pontos próximos são as cidades de Santa Elena de Uiarén (Venezuela, a 230 km) e Lethem (Guiana Inglesa, a 130 km), mas são distantes e sai mais caro.
Vista aérea da cidade
Clima: Ocorre apenas uma estação em dois períodos bem definidos: o verão seco e o verão chuvoso. É bem quente o ano inteiro.
Custo de vida: alto. Os alugueis são bem caros e a energia também (vem da Venezuela e, como eles estão em crise, o governo de lá corta a energia vez ou outra e a Eletrobrás diz q não tem dinheiro pra combustível suficiente pras termoelétricas). A alimentação também é um pouco cara, principalmente algumas frutas, verduras e legumes, só dá pra comprar na promoção e a qualidade não é boa.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, Itaú, Santander, HSBC e Banco da Amazônia.
Internet: tem poucos pontos então você tem que contratar o Oi Fixo pra entrar na fila do Oi Velox, e a velocidade depende do bairro onde se mora, alguns lugares com internet de 1 mega, outros com 15 megas. A de rádio (RoraimaNET) é caríssima, R$500,00 a antena instalada e mensalidades a partir de R$89,00... TVs a cabo tem várias: Oi, Claro, Sky...
Telefonia:
MercadosPara compra de hortifruti um mercado chamado "SuperSomar" que fica na Av. Santos Dumont, perto da Megafarma. E para carnes e laticínios sugiro a Boutique Gelada que fica quase no final da rua Princesa Isabel. Com a chegada do Atacadão, os preços deram uma baixada e existem vários pequenos mercados pelos bairros, além  do hipermercado DB e do Nova Era. Existem várias feiras (feira do garimpeiro e feira do produtor são as mais famosas), algumas são fixas funcionando todos os dias e outras são aos domingos, o preço varia de acordo com a escassez do produto na região! Enquanto a uva, o marango, o kiwi e a ameixa são bem caras, a banana, a manga, a melancia e o buriti são bem baratos... 
Comércio: você encontra de tudo, muito embora tenha que se acostumar com algumas novas marcas e produtos.
Transporte PúblicoMuito precário, é difícil de ver ônibus. E tem as lotações, é como se fosse um táxi, mas com rota específica e cobram R$ 2,50 por pessoa, cabendo 4 ao total. Enfim, tem que ter carro. 
Trânsito: É tranquilo, pois a cidade não é muito grande e é bem organizada. Mas tem os péssimos motoristas, algumas ruas não asfaltadas em bairros mais afastados do centro e algumas vias que alagam nos períodos de chuva. A gasolina está em torno de R$3,80.
Rodoviária / Aeroporto: A cidade dispõe de rodoviária Internacional, José Amador de Oliveira - Baton, que liga a cidade à outras do interior, ao Amazonas, à Guiana e à Venezuela. Atuam no trecho as empresas Amatur e Eucatur. Tem ônibus diários para Manaus, a viagem é de madrugada, só eles podem passar quando a reserva tá fechada.  Tem um Aeroporto internacional pequeno (com voos diários para Manaus e Brasília), onde atuam a Gol, Latam e Azul.

RONDÔNIA - Guajará-Mirim

Guajará-Mirim - RO

     Guajará-Mirim é uma cidade pequena, de cerca de 40 mil habitantes, na fronteira com a Bolívia. Fica a 350 km de Porto Velho (onde tem o aeroporto – cerca de 5h ou mais de viagem por causa das condições da estrada, de ônibus são 7h). Tem por volta de 40 mil habitantes, mas uns 20% vive em área rural! É Guarnição Especial Categoria A, tem adicional de 20% no soldo. A voltagem é 110 V.
Entrada da cidade
Clima: Faz bastante calor (Selva!).
Custo de Vida: É alto, como toda selva. Alimentação cara, raras frutas e legumes. Devido a distância, não tem variedade de marcas e de alimentos.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco e Banco da Amazônia.
Internet:
Telefonia:
Mercados:
Comércio:
Transporte Público:
Trânsito:
Aeroporto / Rodoviária:
Saúde: Super precária, tem o CADIP, posto do quartel, mas sem nenhuma especialidade, só clínico geral e dentista. A cidade só tem hospital público, ou seja, o encaminhamento é pra ele. Tem poucos consultórios de pediatria e ginecologia, porém as outras especialidades somente em Porto Velho e a emergência do hospital.

RONDÔNIA - Porto Velho

Porto Velho - RO

     A capital de Rondônia está situada na margem direita do Rio Madeira, na Região Norte do Brasil. Tem uma população de cerca de 450 mil habitantes e é, atualmente, a capital que mais cresce economicamente no país. A voltagem é 110 V, mas tem como colocar 220V. Não é guarnição especial, mas é Localidade Especial Categoria A, tem adicional de 20% e 2% ao dia pra quem vai pros trechos e o tempo mínimo é de 3 anos.
Clima: Início do ano é a época de chuvas, que podem até causar enchentes se o rio subir. Entre julho e setembro, época de seca, é o período de queimadas e a cidade fica tomada por fumaça. É quente o ano inteiro e há dias que a sensação térmica é de uns 40 graus na sombra (ar condicionado é indispensável).
Praça da Igreja
Custo de vida: O custo de vida aqui é alto, principalmente vestuário, mão de obra e imóveis.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, HSBC, Itaú, Santander e Banco da Amazônia.
Internet: Velox, Blue (rádio), Virtua (em alguns bairros) e GVT (no centro). TV a cabo tem Sky e Net.
Telefonia:
Mercados: tem vários supermercados (mas nada 24h), atacadão, makro, enfim, muita opção pra quem quer pesquisar, mas em média todos são os mesmos preços. Frutas e verduras são caras, mas a carne é bem mais barata que em muitos lugares.
Comércio: a cidade tem 3 centros de comércio, um na avenida jatuarana, onde tu encontra de tudo e aberto de domingo a domingo, até umas 20h, bancos, lojas, supermercados, salão de beleza, enfim de tudo, outro centro que é na 7 de setembro e outro na zona leste, que é um pouco mais afastado do quartel. Mobiliar a casa é um pouco caro também, então é bom comprar móveis de quem está saindo.
Transporte: Tem poucos ônibus, o transporte público é deficiente.
Transito: É horrível, não tem guardas nas ruas fiscalizando ou organizando o trânsito, nem faixa de pedestres, muito menos fiscalização eletrônica. Tem muitas motos, moto-táxi e muita gente sem habilitação, além de ultrapassarem pela direita. Todos os dias acontecem vários acidentes envolvendo carros, motos ou bicicletas, que também tem muito aqui. Gasolina em torno de R$3,80.
Aeroporto /Rodoviária: Tem rodoviária e no aeroporto atuam as empresas Gol, Latam, Azul e Map. As passagem são bem caras, tem que ficar pesquisando promoção.

RIO GRANDE DO SUL - Uruguaiana

Uruguaiana - RS

        É uma cidade de mais ou menos 126 mil habitantes, faz fronteira com Paso de los Libres na Argentina, fica a 700 km de Porto Alegre (a mesma distância de Buenos Aires, com a diferença do valor da passagem, para POA custa R$ 145,00 e Para Buenos Aires R$ 60,00). É guarnição especial categoria B, tem adicional de 10% e a voltagem é 220V.
Catedral
Clima:  é uma cidade como quase todas no RS com suas estações bem definidas, quando é calor, é calor e quando é frio, é frio.
Custo de Vida:
Serviços - Bancos:
Mercados: A cidade tem 3 supermercados grandes, inclusive o BIG (da rede Walmart) que é o shopping da cidade!
Comércio: é bom, tem um camelódromo ótimo para comprar roupas de frio.
Transporte Público:
Trânsito:
Aeroporto / Rodoviária:
Saúde: tem o HGuU.
Educação: tem 4 escolas particulares grandes, que tem valores para o 4º ano, em torno de R$ 450,00, uma delas dá 10% de desconto para militares. A escola pública tem ensino  bem nivelado.
De faculdade tem a UNIPAMPA, e um ou dois polos de universidades a distância.

RIO GRANDE DO SUL - Sapucaia do Sul

Sapucaia do Sul - RS

        A cidade fica a 20 km de Porto Alegre, na Região Metropolitana da capital, uma vantagem de se morar por aqui! O bom de Sapucaia é que você está no meio do caminho para o litoral e para a serra (em média 100 km de cada um), por ter trem você se locomove com facilidade, fugindo da tortura que é a BR 116 que liga a região metropolitana a capital, metrô ligando São Leopoldo à Porto alegre leva em torno de 35 min. Então a cidade é cidade dormitório, tem muitas cidades perto que são ótimas de se passear, dá pra ir na serra gaúcha rapidinho. É guarnição comum, não tem adicional. A voltagem é 220 V.
Vista aérea
Custo de vida: médio.
Clima: é vir curtir o frio cortante do inverno e o calor escaldante do verão do sul.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Itaú.
InternetA internet dependendo do bairro é muito boa, tem GVT, OI... Mas aqui na vila só via rádio, bem lenta (2 mega por R$80,00).
Mercado: Está bem diversificado, tem Atacadão (com preços bons), Nacional (da rede Walmart), Todo Dia, Dia, Rissul... E muita gente não conhece, mas para quem estiver chegando, vale a pena ir no mercado Lajeadense no bairro Vargas (a carne de lá é muito boa), e no mercado Menger no bairro Ipiranga (principalmente nas quartas, que é dia de ofertas de frutas, verduras e legumes), os preços são médios.
Comércio: O centro é pequeno, a cidade tá aumentando muito lojas de eletro tem Benoit, Manlec, Colombo, Magazine Luiza, Quero-Quero, TaQi, Lebes, essas lojas vendem móveis também. Mas para quem estiver chegando e quiser móveis bons e baratos, vale a pena dar uma olhada nas lojas menores como Casa Nova, Eugênio, Móveis Amaral, Móveis Avenida e outras na Av. João Pereira de Vargas e na Av. Mauá. Para roupas e calçados, temos as lojas Radan, Gaston, Via Benne e Paola. Tem a Casa Primavera também, que tem móveis, eletro, cama, mesa, banho, roupas e calçados, bem em frente a estação da TRENSURB.
Transporte: Tem metrô (trensurb) de Porto Alegre a Novo Hamburgo, que custa R$1,70 e, dependendo do horário, passa de 4 em 4 minutos e ônibus, que a passagem dentro da cidade é R$ 2,75.
Trânsito: Nada muito complicado. Só no fim de tarde perto do centro e escolas que demora um pouco. Ou indo para capital e voltando no horário de rush. Gasolina em torno de R$3,60.
Aeroporto / Rodoviária: O aeroporto mais próximo é o Salgado Filho, na capital. Dá para ir de trem (Trensurb) de Sapucaia para o aeroporto e também para a rodoviária em Porto Alegre.

RIO GRANDE DO SUL - São Luiz Gonzaga

São Luiz Gonzaga - RS

      É uma cidade pequena da região das Missões, noroeste gaúcho. Tem atualmente 35 mil habitantes. Fica a 70 km de Santo Ângelo e a 505 km de  Porto Alegre. É guarnição comum categoria B, tem adicional de 10%. A voltagem é 220 V.
Catedral
Clima:
Custo de Vida: Quanto à alimentação, varia os preços, em média comida não é tão cara.
Serviços - Bancos:
Internet:
Telefonia:
Mercados: Só uma rede grande de super mercado a REDE VIVO.
Comércio:
Transporte Público:
Trânsito:
Rodoviária / Aeroporto:
Aluguel: Os alugueis são de preços variáveis (média 350, 400 reais ou 500 reais).
Imobiliárias:
PNR: A vila militar dos ofíciais está localizada no centro da cidade e possui 16 PNRs, sendo 6 sobrados e 10 casas de um piso. Tem também o Círculo Militar da Guarnição de São Luiz Gonzaga (CMGSLG) e o Hotel de trânsito de oficiais. A vila dos praças Possui 10 PNRs e também tem o Clube dos Subtenentes e Sargentos de São Luiz Gonzaga (CSSGTSLG) e o Hotel de trânsito de subtenentes e sargentos com duas suítes.
Saúde: Não tem hospital nem posto medico militar. O único hospital da cidade é o Hospital São Luiz Gonzaga.
Emprego: é bem difícil de conseguir, vale mais a pena fazer cursos a não fazer nada.
Educação: Os colégios ou creches na maioria são privados e os que são públicos o da prefeitura tem que entrar em fila de espera e demora um bom tempo.
Ensino Superior: Lá tem a URI, particular, com os cursos de Administração, Pedagogia, Eng. Elétrica, Direito, História, Tec em Enfermagem, Fisioterapia. E tem um campus da UERGS, a estadual, com os cursos de Pedagogia, Tecnologia em Agroindústria e Tecnologia em Agropecuária Integrada.
Lazer: Tem poucas opções de lazer devido ao tamanho da cidade.
Segurança:
Pontos Negativos:
Hotel de Trânsito:
Quartel4ºRCB, no bairro Duque de Caxias, muito bom.
 
Fonte: https://www.facebook.com/groups/cidadeinteressemilitar/doc/189638077805521/ 

RIO GRANDE DO SUL - São Leopoldo

São Leopoldo - RS

        É uma cidade bem aconchegante e com uma boa infraestrutura. A Cidade possui cerca de 210 mil habitantes, fica localizada na região da encosta inferior do nordeste do Rio Grande do Sul, faz parte da Grande Porto Alegre, estando a 32 km da capital gaúcha, sendo vizinha das cidade de Sapucaia do Sul e Novo Hamburgo e a 84 km de Gramado, uma das principais cidades turísticas do RS. É guarnição comum, nenhum adicional. A voltagem na maior parte da cidade é 220 V, mas em alguns lugares encontra-se 110 V.
ClimaFrio no inverno e quente no verão. Período de chuvas em setembro, outubro.
Vista aérea
Custo de Vida: Tem um custo de vida não muito alto.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, Itaú, HSBC, Santander e Banrisul.
Internet: Oi, Net em alguns bairros, Gvt.
Telefonia:
Mercados: Boas opções de mercado, BIG, da rede walmart; Bourbon, mais caro, mas com mais opções; Atacadão na cidade vizinha Sapucaia, que fica a 5 km do centro de São Leopoldo.
Comércio: Tem lojas como Renner no shopping, Marisa no centro, Ponto Frio, Magazine Luiza. O resto que não tem aqui, tem em Poa. E Novo Hamburgo por ser maior que São Leopoldo, tem mais coisas, como Outlet para compras de roupas e calcados (15 km).
Transporte Público: Distancia até Porto Alegre é de uns 35 km, porém em certos horários levamos 1 hora em razão do transito. Tem como ir de Trem (trensurb), de São Leopoldo ao centro de Porto Alegre são 17 estações e o trajeto demora em torno de 45 min, com trens partindo em média a cada 10/15 min.
Trânsito: Nada muito complicado. Só no fim de tarde perto do centro e escolas que demora um pouco. Ou indo para capital e voltando no horário de rush. Gasolina em torno de R$3,60.
Rodoviária / Aeroporto: O aeroporto mais próximo é o Salgado Filho, na capital. Dá para ir de trem (Trensurb) de São Leopoldo para o aeroporto e também para a rodoviária em Porto Alegre.

RIO GRANDE DO SUL - São Gabriel

São Gabriel - RS

         São Gabriel é uma cidade pequena (média de 65 mil habitantes), mas em desenvolvimento e fica a 320 km de Porto Alegre. A voltagem é 220 V e o DDD é 55.
Igreja Matriz
Clima:
Custo de vida: médio, se acha casas e aptos de 2 quartos na região central ou bairros bons por, no mínimo, R$ 600,00. Até tem por menos (R$ 500,00, R$ 400,00, mas seria em locais mais afastados (Bairro Vivenda, Jardim das Hortências, Capiotti...), que também são ótimos para morar!
Serviços: Bancos:
Comércio:
Mercados: Tem mercados bons (Nacional, Big Max, Casa do Frango) onde se encontra de tudo!
Transporte:
Saúde: precária, tem um hospital de pequena complexidade (a Santa Casa de Caridade) que atende pelo SUS e convênios, onde os casos mais complexos são encaminhados para Santa Maria ou POA. O Posto Médico do BECmb atende mais para consultas e encaminhamentos médicos, não tem internação, então com o FUSEX interna na Santa Casa mesmo, na ala dos planos de saúde. Sobre a saúde, posso afirmar que lá não se encontra médicos qualificados e nem as tecnologias usadas para diagnósticos (Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética), sendo necessário deslocar-se para outras cidades.

RIO GRANDE DO SUL - São Borja

São Borja - RS

      São Borja possui em média 67 mil habitantes e faz divisa com Santo Tomé na Argentina, a travessia é feita por meio de ponte. Fica a 150 km de Posadas (que faz divisa com Encarnación, no Paraguay). É guarnição comum categoria B, com adicional de 10%. A voltagem é 220 V.

O custo de vida aqui é razoável, aluguéis variam muito com o que cada pessoa procura. Casas grandes com localização central consequentemente são mais caras que casas mais retiradas. Não é tão fácil encontrar casas disponíveis. Em contrapartida, o ramo da construção civil vem crescendo bastante, muita construção de prédios em andamento.
Clima: É notável que possuímos 2 estações bem definidas (ao invés de 4). O verão são-borjense inicia praticamente em setembro e termina em abril, e é muito quente. No inverno faz frio, mas os dias são bem  alternados, comparado ao verão, no inverno "sofre-se menos".
Serviços - BancosBanco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, HSBC, Itaú, Santander e Banrisul.
Internet:
Telefonia:
Mercadosapenas 3 opções de supermercados.
Comércio:
Transporte Público: Existe uma empresa de ônibus que faz linha na cidade, mas a cidade é bem pequena, consegue-se resolver quase tudo a pé ou de bike.
Trânsito: O trânsito é muito tranquilo, sem congestionamentos ou algo do tipo.
Rodoviária / Aeroporto: Há um aeroporto, mas somente para voos privados, geralmente utilizado pelos empresários da região. A rodoviária também é bem pequena, mas conta com linhas para muitas cidades do estado e também para fora do Brasil, na cidade de Santo Tomé (Argentina).

RIO GRANDE DO SUL - Santo Ângelo

Santo Ângelo - RS

        É uma cidade pequena, com menos de 80 mil habitantes e a 450 km  de Porto Alegre. Guarnição comum categoria B, tem adicional de 10% e a voltagem é 220V
Catedral Angelopolitana
Acessos Rodoviários: RS 344 que por sua vez interliga-se com a BR 392 (Porto Xavier, fronteira da Argentina); com a RS 472 (Santa Rosa para o Médio e Alto Uruguai); com a BR 285 (Entre Ijuí para as demais cidades do Estado e País).
Clima: O clima é ameno e saudável (subtropical úmido), com quatro estações definidas. A temperatura média oscila entre 21º e 30º, podendo alcançar marcas absolutas de 0º no inverno e 39º, no verão. Em agosto de 1965 chegou a se formar uma camada de quase 30 cm de neve sobre a cidade.
Custo de Vida: Médio.
Serviços - Bancos:
Internet:
Telefonia:
Mercados:
Comércio:
Trânsito:
Transportes: Possui rodoviária com ônibus diários para Capital e demais cidades do interior do estado.
A cidade conta também com transporte público que faz as linhas entre os bairros e o centro da cidade.