Tiro de Guerra

Cidades com TIRO DE GUERRA (opção de transferência para Sub e 1ºSgt)

Devido ao grande número de cidades e a dificuldade em conseguir contatos para fazer um documento de cada cidade, estamos construindo um documento com links que direcionam para a página do Wikipédia de cada cidade. Contamos com a colaboração dos nossos parceiros e visitantes para  acrescentar e trocar informações!


                                    CONCEITO DE TIRO DE GUERRA NO BRASIL

     Os Tiros de Guerra (TG) são uma experiência bem sucedida entre o Exército Brasileiro e a Sociedade Brasileira, representados pelo poder público municipal e os milhares de cidadãos brasileiros que ingressam nas fileiras do Exército anualmente. Essa parceria perene e edificante, juridicamente celebrada por intermédio de convênios, está enraizada na história e formação do povo brasileiro por mais de 110 anos e tem profundas ramificações na sociedade em que é inserida.
     Estes jovens ao serem matriculados, com base na Lei do Serviço Militar (LSM), recebem a denominação de “ATIRADORES”, designação emblemática e histórica, oriunda das primeiras sociedades de Tiro ao Alvo do Brasil, com finalidades militares e de formação da reserva para o Exército, e que foram embrionárias dos atuais TG.
     Os Tiros de Guerra permitem de uma forma criativa, inteligente e econômica proporcionar a milhares de jovens brasileiros, principalmente os que residem em cidades do interior do país, a oportunidade de atenderem a Lei e prestarem o Serviço Militar Inicial. Mais que o caráter obrigatório da Lei, essa modalidade de Serviço Militar, configura um direito do cidadão em poder dar sua contribuição, para à defesa da Pátria, conciliando sua vida cotidiana, com rotinas como trabalho, estudo e convívio familiar.
     Essa parceria mais que vantajosa para os três entes, (Exército, Poder Executivo Municipal e Cidadão) tem se mostrado ao longo das décadas como instrumento de educação e civilidade nos mais distantes rincões do território nacional, sendo que os TG passaram a ser conhecidos pela Sociedade Brasileira como verdadeiras “ESCOLAS DE CIVISMO E CIDADANIA”.
Do ponto de vista do poder público, permite aos municípios que possuem Tiro de Guerra, oferecer aos seus cidadãos uma oportunidade de conhecer a Força Terrestre através da matrícula nesse Órgão de Formação da Reserva (OFR), e complementar a formação moral, cívica e militar, incrementando a educação para esta faixa etária de seus munícipes. Também permite que o jovem cidadão não se desloque para outros municípios, haja vista que os municípios que não possuem Tiro de Guerra poderão ser classificados como municípios tributários de contingentes para as Organizações Militares da Ativa (OMA), conforme preconizado na Lei de Serviço Militar (LSM) e seu Regulamento (RLSM).
     Nos TG, além do programa padrão básico de instruções militares (PPB), o contato direto com instrutores dos melhores quadros do Exército Brasileiro, poderá oferecer mais subsídios para a formação moral dos matriculados, com instruções e bons exemplos de trabalho comunitário, campanhas cívico-sociais, defesa civil, o desenvolvimento de atributos da área afetiva, a prática diária de virtudes militares, conciliado com as instruções de atitudes contrárias e de combate aos vícios, podendo configurar em poderoso instrumento de formação e desenvolvimento do caráter do jovem cidadão.
     Outra grande vantagem dos municípios que possuem sede de Tiro de Guerra é poderem contar com um eventual apoio, mediante autorização do Exército, nos casos de calamidades públicas, catástrofes (podendo ser ou não por causas naturais) e outras perturbações que justifiquem o emprego de tropas federais na região, conforme Lei Complementar 97(Emprego das Forças Armadas), além de atividades de colaboração com a Defesa Civil.
     Um dos objetivos dos Tiros de Guerra é a formação de cidadãos cônscios sob os seus direitos e deveres na sociedade onde estão inseridos, transformando-se como verdadeiros elementos modificadores das duras condições das regiões em que residem, consistindo-se como centro de formação das futuras lideranças comunitárias e municipais querem no campo da política, da educação, da governança, da iniciativa privada, ou seja, cidadãos que terão franca e intensa participação no desenvolvimento regional e nos benefícios sociais que se desdobram com essa possibilidade.
         O cidadão que prestou o serviço militar em Tiro de Guerra como resultado de sua dedicação ao serviço poderá ser agraciado com o diploma “Ao Mérito”, previsto na LSM por haver revelado, durante sua vida militar, modelar comportamento na instrução e no serviço, tornando-se um elemento muito desejável pelo o mercado de trabalho, haja vista, o interesse das empresas por elementos responsáveis, com credibilidade moral que os credencia aos mais variados cargos nas organizações.

         Os números dos Tiros de Guerra brasileiros são grandiosos, representando-se nos mais de 223 tiros de guerra em atividade em todo o território nacional, estando presentes em guarnições isoladas ou distantes de grandes centros, estando inseridos em onze (11) Regiões Militares em todos os Comandos Militares de Área (C Mil A) do Exército Brasileiro.
       Anualmente ingressam na reserva do Exercito Brasileiro, aproximadamente 12.000 (doze mil) atiradores, que se somando as turmas anteriores no período de disponibilidade (dos últimos 5 anos) oferecem quase 60.000 (sessenta mil) homens (reservistas) treinados com habilidades típicas de combatentes básicos da Força Territorial, instruídos em técnicas e táticas militares, e em condições de atenderem a eventuais convocações nos casos de decretação da Mobilização Nacional. Esse poderoso instrumento de PROJEÇÃO DO PODER NACIONAL é conseqüência dessa engenhosa TRÍADE de parceiros – SOCIDADE – EXÉRCITO – CIDADÃO.

“Tiro de Guerra – Escola de Civismo e Brasilidade, aqui se aprende a amar e a defender a Pátria!”
“Se todos usufruem das benesses da Pátria, por que não todos participarem de sua Defesa”
Olavo Bilac (Patrono do Serviço Militar)

 TIROS DE GUERRA: 
* COMANDO MILITAR DA AMAZÔNIA (CMA)
Acre:
Tiro de Guerra de Tarauacá Tarauaca
Tiro de Guerra de Xapuri Xapuri

Amazonas:
Tiro de Guerra de Novo Aripuanã Novo Aripuana
Tiro de Guerra de Boca do Acre Boca do Acre
Tiro de Guerra de Carauari Carauari
Tiro de Guerra de Eirunepe Eirunepe
Tiro de Guerra de Labrea Labrea
Tiro de Guerra de Manicore Manicore
Tiro de Guerra de Maues Maues
Tiro de Guerra de Urucurituba  Urucurituba

Rondônia:
Tiro de Guerra de Colorado do Oeste Colorado do Oeste
Tiro de Guerra de Pimenta Bueno Pimenta Bueno
Tiro de Guerra de Vilhena Vilhena

Roraima:
Tiro de Guerra de Mucajai Mucajai
Tiro de Guerra de São João da Baliza  Sao Joao da Baliza


* COMANDO MILITAR DO NORTE (CMN)
Maranhão:
Tiro de Guerra de Caxias Caxias
Tiro de Guerra de Codó Codo
Tiro de Guerra de Pedreiras Pedreiras
Tiro de Guerra de Bacabal Bacabal

Pará:
Tiro de Guerra de Abaetetuba Abaetetuba
Tiro de Guerra de Bragança Bragança
Tiro de Guerra de Breves Breves
Tiro de Guerra de Cametá Cametá
Tiro de Guerra de Castanhal Castanhal


* COMANDO MILITAR DO NORDESTE (CMNE)
Alagoas:
Tiro de Guerra de Palmeira dos Índios Palmeira dos índios
Tiro de Guerra de Penedo Penedo
Tiro de Guerra de São José da Laje São José da Laje
Tiro de Guerra de Arapiraca Arapiraca
Tiro de Guerra de Teotônio Vilela Teotônio Vilela

Bahia:
Tiro de Guerra de Alagoinhas
Tiro de Guerra de Cachoeira
Tiro de Guerra de Santo Antônio de Jesus
Tiro de Guerra de Cruz das Almas
Tiro de Guerra de Valença
Tiro de Guerra de Vitória da Conquista
Tiro de Guerra de Itabuna
Tiro de Guerra de Jacobina
Tiro de Guerra de Jequié
Tiro de Guerra de Poções
Tiro de Guerra de Serrinha
Tiro de Guerra de Muritiba
Tiro de Guerra de Senhor do Bonfim
Tiro de Guerra de Juazeiro
Tiro de Guerra de Nazare
Tiro de Guerra de Ipiau
Tiro de Guerra de Brumado
Tiro de Guerra de Itamarají
Tiro de Guerra de Irece
Tiro de Guerra de Camaçari
Tiro de Guerra de Macarani

Ceará:
Tiro de Guerra de Camocim
Tiro de Guerra de Crato
Tiro de Guerra de Juazeiro do Norte
Tiro de Guerra de Limoeiro do Norte
Tiro de Guerra de Russas
Tiro de Guerra de Sobral
Tiro de Guerra de Iguatu
Tiro de Guerra de Aracati
Tiro de Guerra de Itapipoca
Tiro de Guerra de Quixadá
Tiro de Guerra de Acaraú
Tiro de Guerra de Quixeramobim
Tiro de Guerra de Tamboril

Paraíba:
Tiro de Guerra de Rio Tinto Rio Tinto
Tiro de Guerra de Patos Patos
Tiro de Guerra de Cajazeiras  Cajazeiras
Tiro de Guerra de Pombal Pombal

Pernambuco:
Tiro de Guerra de Arcoverde
Tiro de Guerra de Vitória de Santo Antão
Tiro de Guerra de Pesqueira
Tiro de Guerra de Catende
Tiro de Guerra de Caruaru
Tiro de Guerra de Limoeiro
Tiro de Guerra de Nazaré da Mata
Tiro de Guerra de Serra Talhada
Tiro de Guerra de Afogados da Ingazeira

Piauí:
Tiro de Guerra de Parnaíba Parnaíba
Tiro de Guerra de Campo-Maior Campo Maior
Tiro de Guerra de Piripiri Piripiri

Rio Grande do Norte:
Tiro de Guerra de Mossoró Mossoró

Sergipe:
Tiro de Guerra de Estância Estância
Tiro de Guerra de Lagarto Lagarto
Tiro de Guerra de Propriá Propriá


* COMANDO MILITAR DO PLANALTO (CMP)
Goiás:
Tiro de Guerra de Anápolis Anápolis
Tiro de Guerra de Iporá Iporá
Tiro de Guerra de Rio Verde Rio Verde
Tiro de Guerra de Porangatu Porangatu

Tocantins:
Tiro de Guerra de Araguaina Araguaína
Tiro de Guerra de Miracema do Tocantins Miracema do Tocantins
Tiro de Guerra de Pedro Afonso Pedro Afonso
Tiro de Guerra de Porto Nacional Porto Nacional


* COMANDO MILITAR DO OESTE (CMO)
Mato Grosso:
Tiro de Guerra de Alta Floresta Alta Floresta
Tiro de Guerra de Sinop Sinop
Tiro de Guerra de Juara Juara


* COMANDO MILITAR DO LESTE (CML)
Espírito Santo:
Tiro de Guerra de Alegre
Tiro de Guerra de Castelo
Tiro de Guerra de Colatina
Tiro de Guerra de Cachoeiro de Itapemirim
Tiro de Guerra de São Gabriel da Palha
Tiro de Guerra de Linhares

Minas Gerais:
Tiro de Guerra de Araxá
Tiro de Guerra de Carangola
Tiro de Guerra de Caratinga
Tiro de Guerra de Alfenas
Tiro de Guerra de Diamantina
Tiro de Guerra de Bom Despacho
Tiro de Guerra de Governador Valadares
Tiro de Guerra de Campo
Tiro de Guerra de Itauna
Tiro de Guerra de Guaxupé
Tiro de Guerra de Guanhaes
Tiro de Guerra de Patos de Minas
Tiro de Guerra de Passos
Tiro de Guerra de Muriaé
Tiro de Guerra de Teófilo Otoni
Tiro de Guerra de Divinópolis
Tiro de Guerra de Patrocínio
Tiro de Guerra de Poços de Caldas
Tiro de Guerra de São João Nepomuceno
Tiro de Guerra de São Lourenço
Tiro de Guerra de São Sebastião do Paraíso
Tiro de Guerra de Viçosa
Tiro de Guerra de Ubá
Tiro de Guerra de Curvelo
Tiro de Guerra de Formiga
Tiro de Guerra de Lavras
Tiro de Guerra de Conselheiro Lafaiete
Tiro de Guerra de Cataguases
Tiro de Guerra de Varginha
Tiro de Guerra de Nanuque
Tiro de Guerra de Januária
Tiro de Guerra de Santa Rita de Sapucaí
Tiro de Guerra de Jequitinhonha
Tiro de Guerra de Jequitinhonha
Tiro de Guerra de Ituiutaba
Tiro de Guerra de Uberaba
Tiro de Guerra de Frutal

Rio de Janeiro:
Tiro de Guerra de Bom Jesus do Itabapoana
Tiro de Guerra de Santo Antônio de
Tiro de Guerra de São Fidelis
Tiro de Guerra de Volta Redonda
Tiro de Guerra de Itaperuna
Tiro de Guerra de Miracema
Tiro de Guerra de Nova Friburgo
Tiro de Guerra de Teresópolis
Tiro de Guerra de Porciúncula
Tiro de Guerra de Barra Mansa


* COMANDO MILITAR DO SUDESTE (CMSE)
São Paulo:
Tiro de Guerra de Adamantina  Adamantina
Tiro de Guerra de Agudos
Tiro de Guerra de Americana Americana
Tiro de Guerra de Amparo
Tiro de Guerra de Andradina Andradina
Tiro de Guerra de Araçatuba Araçatuba
Tiro de Guerra de Araquara
Tiro de Guerra de Araras Araras
Tiro de Guerra de Assis Assis
Tiro de Guerra de Avaré
Tiro de Guerra de Bariri
Tiro de Guerra de Barretos
Tiro de Guerra de Batatais Batatais
Tiro de Guerra de Bauru Bauru
Tiro de Guerra de Bebedouro
Tiro de Guerra de Birigui /Birigui
Tiro de Guerra de Botucatu Botucatu
Tiro de Guerra de Bragança Paulista Bragança Paulista
Tiro de Guerra de Capivari Capivari
Tiro de Guerra de Casa Branca
Tiro de Guerra de Catanduva Catanduva
Tiro de Guerra de Cruzeiro Cruzeiro
Tiro de Guerra de Dois Córregos
Tiro de Guerra de Dracena Dracena
Tiro de Guerra de Espírito Santo do Pinhal
Tiro de Guerra de Fernandópolis Fernandópolis
Tiro de Guerra de Franca Franca
Tiro de Guerra de Garça
Tiro de Guerra de Guararapes Guararapes
Tiro de Guerra de Guarulhos Guarulhos
Tiro de Guerra de Igarapava Igarapava
Tiro de Guerra de Itapetininga Itapetininga
Tiro de Guerra de Itapeva
Tiro de Guerra de Itápolis
Tiro de Guerra de Itarare Itararé
Tiro de Guerra de Itatiba
Tiro de Guerra de Ituverava Ituverava
Tiro de Guerra de Jaboticabal Jaboticabal
Tiro de Guerra de Jacarei Jacarei
Tiro de Guerra de Jaú Jaú
Tiro de Guerra de Leme Leme
Tiro de Guerra de Limeira Limeira
Tiro de Guerra de Marília Marília
Tiro de Guerra de Mirassol
Tiro de Guerra de Mococa Mococa
Tiro de Guerra de Mogi das Cruzes Mogi das Cruzes
Tiro de Guerra de Mogi-Guaçú Mogi Guaçu
Tiro de Guerra de Mogi-Mirim Mogi Mirim
Tiro de Guerra de Olímpia Olimpia
Tiro de Guerra de Oswaldo Cruz
Tiro de Guerra de Ourinhos Ourinhos
Tiro de Guerra de Paraguaçu Paulista
Tiro de Guerra de Pederneiras
Tiro de Guerra de Penápolis Penápolis
Tiro de Guerra de Peruíbe
Tiro de Guerra de Piracicaba Piracicaba
Tiro de Guerra de Pirajuá
Tiro de Guerra de Presidente Prudente Presidente Prudente
Tiro de Guerra de Presidente Venceslau Presidente Venceslau
Tiro de Guerra de Promissão Promissão
Tiro de Guerra de Ribeirão Preto Ribeirão Preto
Tiro de Guerra de Rio Claro Rio Claro
Tiro de Guerra de Santa Cruz do Rio Pardo Santa Cruz do Rio Pardo
Tiro de Guerra de Santa Rita de Passa Quatro
Tiro de Guerra de Santo André
Tiro de Guerra de São Bernardo do Campo São Bernardo do Campo
Tiro de Guerra de São Caetano do Sul São Caetano do Sul
Tiro de Guerra de São Carlos São Carlos
Tiro de Guerra de São João da Boa Vista São João da Boa Vista
Tiro de Guerra de São Joaquim da Barra
Tiro de Guerra de São José do Rio Pardo São José do Rio Pardo
Tiro de Guerra de São José do Rio Preto São José do Rio Preto
Tiro de Guerra de São José dos Campos São José dos Campos
Tiro de Guerra de São Manoel
Tiro de Guerra de Sorocaba Sorocaba
Tiro de Guerra de Suzano Suzano
Tiro de Guerra de Taquaritinga Taquaritinga
Tiro de Guerra de Tatui
Tiro de Guerra de Tupã Tupã
Tiro de Guerra de Votuporanga 


* COMANDO MILITAR DO SUL (CMS)
Paraná:
Tiro de Guerra de Assis Chateaubriand
Tiro de Guerra de Bandeirantes
Tiro de Guerra de Cambará
Tiro de Guerra de Campo Mourão
Tiro de Guerra de Campo Largo
Tiro de Guerra de Cianorte
Tiro de Guerra de Cornélio Procópio
Tiro de Guerra de Jacarezinho
Tiro de Guerra de Londrina
Tiro de Guerra de Loanda
Tiro de Guerra de Medianeira
Tiro-de Guerra de Maringá
Tiro de Guerra de Nova Esperança
Tiro de Guerra de Paranavaí
Tiro de Guerra de Ribeirão Claro
Tiro de Guerra de Santo Antônio da Platina
Tiro de Guerra de Umuarama

Santa Catarina:
Tiro de Guerra de Brusque Brusque
Tiro de Guerra de Caçador Caçador
Tiro de Guerra de Joaçaba Joaçaba

Obs: Ao copiar, dê os créditos devidos! Obrigado!

7 comentários :

  1. Fui Instrutor do TG 07/011 Cajazeiras na Paraíba, são 80 Atiradores matriculados para o serviço militar,são 2 Instrutores na formação (o mais antigo é o Chefe de instrução, as instalações do TG são boas, tem até ar condicionado para a guarnição de serviço, tem uma quadra interna para o aquecimento no TFM, existe uma quadra gigantesca em frente para ordem unida. a cidade possui várias Faculdades, inclusive federal. O tiro de Guerra tem 2 PNR para os instrutores a 200 metros do TG.

    ResponderExcluir
  2. OLÁ,MEU ESPOSO ESTA NO TG DE JUAZEIRO DO NORTE,UMA CIDADE DE GRANDE FLUXO DE ROMARIA,ADOREIIIIIIIII A CIDADE,MAS INFELIZMENTE SÃO SÓ DOIS ANOS,CUSTO DE VIDA É BOM,NÃO PAGAMOS ALUGUEL É PAGO PELA PREFEITURA,MORAMOS ENFRENTE O TG,É UM POVO ACOLHEDOR,TEM 3 ATACADAO PROXIMO,DO TG AO CENTRO COMERCIAL DE CARRO SÃO 5 MINUTOS,SHOPPING,CINEMA,BALNEARIOS,FEIRAS DE ARTESANATOS,COMERCIOS DE TUDO ,AGORA OS CONTRAS,TEM EXCELENTES ESCOLAS,MUITO CARO,NOSSO CONVÊNIO SÓ A PARTI DE 12 ANOS,NÃO TEM MEDICO GINECOLOGISTA,E NEM MEDICO PEDIATRIA,FIZEMOS UM CONVENIO COM A UNIMED PARA MEU FILHO,ESTE É UNICO PONTO NEGATIVO,CONSULTA CARISSIMAS PARA GINECOLISTA NA FAIXA DE 350,00 A 450,00...OS EXAMES FAÇO PELO FUSEX..ESPERO QUE AJUDE NAS DICAS,ESTAMOS SAINDO ESTE ANO,GOSTEI MUIIIIITO DE JUAZEIRO,ESTOU COM OS OLHOS CHEIO DE LAGRIMAS ESCREVENDO ISSO,LUGAR DE GENTE DE FÉ,QUE CHEGA A CONTAGIAR A GENTE,UM POVO QUE RECEBE A GENTE DE CORAÇÃO ABERTO....

    ResponderExcluir
  3. O nome correto é Itamaraju-BA e não itamaraji

    ResponderExcluir
  4. Sou atual Chefe de Instrução do TG 02-019 de Jaú
    A cidade tem + ou = 140 mil habitantes, boa estrutura. TG possui sede confortável, são 100 atiradores e possui um jeep para realizar parte administrativa e operacional. A sociedade gosta e tem parceria grande com o TG. Excelente TG

    ResponderExcluir
  5. Esqueci a parte médica, pelo SUS na cidade e existe um convênio UNIMED em BAURU que fica 50Km para consultas e na cidade de Jaú só atende emergência

    ResponderExcluir
  6. na sua opinião quais são os melhores tg de são paulo?

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Comente Aqui!
Não esqueça de se identificar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.